Sintomas da Candidíase nas Mulheres e nos Homens

 

Sintomas da Candidíase nas Mulheres e nos Homens

A candidíase faz parte de um grupo de doenças infeciosas causadas por um fungo oportunista, Cândida Albicans, e pode ter expressão cutânea, gastrointestinal, no sistema respiratório e, principalmente, nos genitais.

Todas as pessoas têm o fungo da candidíase, por dentro e por fora do corpo. Pode-se encontrar na pele, no estomago, nos intestinos, na vagina, na boca e na garganta. Na maior parte das vezes o fungo Cândida Albicans é inofensivo. Mas em outras vezes acontece um crescimento descontrolado do fungo, o que pode gerar a doença chamada candidíase.

Quando você anda à procura de um tratamento para candidíase ajuda conhecer algumas coisas sobre a doença para poder escolher o tratamento para candidíase que satisfaça melhor as suas necessidades.

No nosso website pode informar-se sobre as principais características desta doença, conhecer os remédios naturais que recomendamos, encomenda-los online e recebê-los discretamente em sua casa (pois não se encontram à venda em lojas físicas) ou, se preferir, seguir alguns tratamentos caseiros que recomendamos com produtos geralmente encontrados na sua cozinha.

Aconselhamos que escolha remédios naturais sempre que possível, principalmente para tratamentos prolongados. Os remédios naturais que recomendamos são baratos (cerca de 0,50 € por dia, se aproveitar as promoções) mais seguros que os remédios caseiros, e evitam os efeitos secundários dos remédios químicos.

Candidíase Vaginal nas Mulheres

A candidíase vaginal faz parte das doenças mais comuns na mulher. De fato estima-se que entre 20% a 50% das mulheres saudáveis tenham candidíase na zona vaginal e pode-se afirmar que todas as pessoas ao longo da sua vida sofram de pelo menos um episódio de candidíase.

Candidíase Vaginal nas MulheresEste_fungo é uma criatura plácida na maioria das pessoas: vive no corpo das mulheres sem causar problemas. Mas isso só até que acha uma quebra de equilíbrio no organismo que lhe permita reproduzir-se facilmente. Então pode aparecer na boca ou na zona genital, por vezes com sintomas bem fortes.

O fungo faz parte da flora vaginal e fica ali parado. Baixou a resistência, por qualquer coisa, como uma situação de cansaço, estresse ou uso de algum antibiótico e ele aparece em força, quase sempre com coceira, inchaço, vermelhidão e corrimento.

Candidíase vaginal ocorre quando o fungo é inserido na zona genital pelo sexo ou outro meio qualquer ou quando há um grande aumento da quantidade do fungo já presente no organismo em relação às bactérias. Por exemplo, quando a bactéria responsável pelo controle da candidíase vaginal é eliminada pela toma de antibióticos ingeridos para combate a outras infeções. Neste caso o Cândida Albicans multiplica-se desordenadamente, invade os tecidos e causa irritação e elevada comichão.

A candidíase vaginal também pode acontecer devido a cortes, cirurgia ou quando algo afeta a imunidade do corpo como no caso de remédios à base de cortisona. Outras condições que podem elevar o risco das mulheres apanharem candidíase genital são a diabetes, a gravidez ou o uso de perfumes ou desodorizantes sprays na zona vaginal.

Candidíase Genital nos Homens

Como a candidíase por norma aparece na boca ou na vagina é muitas vezes erradamente associada a uma doença de mulheres. Mas aqui quando de fala de candidíase estamo-nos a referir a um fungo que ataca todas as pessoas, homens e mulheres.

Candidíase Genital nos HomensInfelizmente os homens também podem ser infetados por candidíase. Entre 12% a 15% dos homens que tiveram relações com uma mulher infetada apresentam sintomas de candidíase, principalmente aqueles que tiverem o sistema imunológico mais debilitado.

Na verdade a candidíase nos homens é rara e quando aparece apresenta, quase sempre, sintomas muito mais fracos que quando ataca a mulher pelo que a informação sobre candidíase nos homens é muito reduzida.

No entanto os homens que apresentam candidíase ficam mais aflitos que as mulheres, mesmo que os sintomas da candidíase não sejam fortes, porque estão menos habituados a ter 'problemas' desta natureza. E o fato de haver pouca informação sobre a candidíase nos homens aumenta a sua preocupação.

Mas não há que ter aflição porque a candidíase nos homens é facilmente tratada e, por norma, tem uma duração de tratamento inferior que quando ataca a mulher.

A candidíase genital nos homens cura-se da mesma maneira que a candidíase vaginal nas mulheres. O fungo é o mesmo, os sintomas são idênticos e os remédios utilizados para o tratamento da candidíase nas mulheres obtêm os mesmos efeitos nos homens, pelo que qualquer remédio natural, ou não, que esteja indicado para o tratamento da candidíase pode ser utilizado no tratamento da candidíase nos homens.

Sintomas da Candidíase

Sintomas da CandidíaseNa_candidíase oral são uma sensação dolorosa e de ardor na boca e na garganta, alteração do gosto e dificuldade em engolir. A candidíase oral manifesta-se por manchas brancas ou rosa escuro na língua, nas gengivas e nas paredes da boca. Algumas vezes a candidiase oral pode causar gretas e feridas nas gengivas e nas paredes da boca.

Na candidíase vaginal os sintomas mais evidentes são a aparição de um fluido branco espesso, similar a queijo derretido. A candidíase vaginal também pode causar forte comichão e sensação de queimadura dentro e à volta da vagina; também pode causar vermelhão e hipersensibilidade nos lábios maiores. Outros sintomas são lesões cutâneas acompanhadas de muitas borbulhas.

Na candidíase genital nos homens os sintomas mais comuns incluem vermelhão e comichão no pénis. A candidíase no pénis se caracteriza por uma inflamação da grande e do prelúdio com uma secreção de cor branca e cremosa, onde podem aparecer borbulhas causando forte comichão. São comuns zonas avermelhadas com borbulhas que rebentam facilmente e causam comichão intensa.

Veja Também Este Artigo

.Ou
Conheça os Produtos que Recomendamos para Acabar com a Candidiase de Vez
Clica Aqui

 
» Sobre » Contatos » Condições

Nós promovemos ou sugerimos a venda de produtos e/ ou serviços que não são nossos. As nossas recomendações são sempre baseadas na nossa crença de que o produto oferece excelentes benefícios aos nossos leitores.
No entanto, esta informação não deve ser tomada como conselho médico ou prescrição de tratamento para qualquer doença.

PLPinto.M.pt ® Todos os Direitos Reservados.